Você pratica a direção defensiva? Descubra agora!

Você pratica a direção defensiva? Descubra agora!

O condutor defensivo utiliza constantemente as técnicas de Direção e Pilotagem Defensiva, evitando acidentes e tornando o trânsito muito mais seguro. Foto: Arquivo Tecnodata. 

Direção defensiva, direção segura ou condução responsável, são algumas das denominações de um conjunto de técnicas que o condutor deve incorporar à sua maneira de dirigir para torná-la mais segura para si mesmo e para os demais participantes do trânsito. Todos que tiraram habilitação depois de 1998 tiveram essa disciplina na autoescola. Aqueles que tiraram antes da entrada em vigor do Código de Trânsito Brasileiro, já passaram ou deverão passar por um teste de conhecimentos, ou ainda um curso teórico, dessa disciplina ao renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Os acidentes geralmente são causados por combinações de diversos fatores. O fator mais relevante é chamado de causa principal do acidente, que pode ser excesso de velocidade, erros na previsão das ações de outros motoristas, desrespeito à sinalização ou normas de trânsito, negligência na avaliação das condições adversas, falta de habilidade para conduzir com segurança, etc. “A maioria das falhas humanas pode ser evitada, tomando-se alguns cuidados básicos. Esses procedimentos foram analisados e sistematizados: o conjunto dessas técnicas recebe o nome de Direção Defensiva”, explica Eliane Pietsak, pedagoga e especialista em trânsito.

Características de um condutor que pratica a direção defensiva

O condutor defensivo altera conscientemente o encadeamento dos fatores que resultariam em um acidente. “Ele sabe que basta interferir de forma positiva em um ou mais desses fatores, para que o acidente não aconteça”, diz Pietsak.

Ainda segundo a especialista, o condutor defensivo utiliza constantemente as técnicas de Direção e Pilotagem Defensiva, evitando acidentes e tornando o trânsito, muito mais seguro para seus usuários. “Lembre-se conhecer as técnicas não basta, é preciso praticá-las no dia a dia”, alerta Pietsak.

Veja algumas características de um condutor defensivo. Você se enquadra nelas?

  • Reconhece e abandona antigos vícios e maus hábitos;
  • Automatiza procedimentos e atitudes corretas;
  • Fica satisfeito em evitar um acidente, independente de quem tenha razão ou de quem seja a culpa;
  • Não se expõe a riscos desnecessários;
  • Conhece as leis e normas de trânsito;
  • Domina as condições adversas e sabe como evitá-las;
  • Observa tudo com atenção, prevê e antecipa possíveis acontecimentos.

Se você respondeu sim, para todas, parabéns! Você está no caminho certo.

Agora, se reconheceu que suas características são contrárias as de um condutor defensivo, é hora de acender o alerta. Para a especialista, o ideal é fazer uma autorreflexão e corrigir enquanto há tempo. “Os acidentes matam mais do que diversas doenças, e o pior, matam muito mais cidadãos pertencentes à faixa etária mais produtiva da sociedade. Mesmo os condutores experientes e cuidadosos são expostos a situações perigosas, imagine aqueles que abusam da sorte com atitudes de risco e sem os cuidados indispensáveis a segurança?”, conclui Pietsak.

- Portal do Trânsito - Por Mariana Czerwonka -

 

avatar

Postado por:

CPD

EMDURB - Empresa Municipal de Mobilidade Urbana de Marília.

Artigos Relacionados

Ir ao Topo