816 apartamentos são construídos na zona Sul

816 apartamentos são construídos na zona Sul

816 apartamentos são construídos na zona Sul

Conjunto Residencial São Bento terá prestações de até R$ 80; Entrega das moradias está prevista para o primeiro semestre de 2016

Com o sorteio agendado para o domingo, dia 28, no estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal (Abreuzão), o Conjunto Residencial São Bento está em ritmo acelerado de construção. As obras foram vistoriadas na última semana pelo prefeito Vinicius Camarinha.

Localizado na zona Sul, próximo ao Sest/Senat, o conjunto conta com 816 apartamentos e é mais um importante investimento habitacional do governo de Marília. “Estamos acompanhando de perto as obras, são 51 torres, o maior núcleo habitacional da história de Marília, dando a oportunidade das famílias saírem do aluguel, conquistarem sua moradia própria”, disse o prefeito Vinicius Camarinha.

Os 816 apartamentos serão divididos em três condomínios (cada um com 272). Portaria 24 horas, salão de festas, estacionamento, quiosque com churrasqueira, quadra poliesportiva e área verde são indicativos de uma  infraestrutura para o conforto dos moradores. “As prestações vão variar de R$25 a R$80, correspondendo a 5% da renda. O pagamento será em até 120 meses, acessível às famílias e ainda com espaços de lazer, com conforto e também com a preocupação social já que no conjunto serão construídos um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e uma unidade de saúde”, revelou Vinicius.

O conjunto é uma parceria da Prefeitura de Marília, governo federal e Caixa Econômica Federal, a construtora Menin é a responsável pela obra.

A secretária de Planejamento Urbano Valéria de Melo Viana, o vereador José Bassiga e o diretor da Construtora, Luís Gustavo Menin acompanharam o prefeito Vinicius na visita às obras.

“Cumprimentamos o prefeito por mais esse investimento habitacional. A casa própria é o sonho de toda a população e o prefeito não tem medido esforços para levar esse benefício para quem mais precisa. Além disso, destaco a valorização de toda a região Sul com a construção desses apartamentos”, ressaltou o vereador Bassiga.

Com quase 70 metros de área útil, os apartamentos possuem sala, cozinha, banheiro, dois dormitórios e lavanderia.

“As obras estão num ritmo muito bom e a expectativa de inauguração é para o primeiro semestre de 2016. Como prefeito, estou feliz em ver esse projeto sair do papel e se tornar realidade. Habitação também é uma prioridade em Marília. Até o final de 2016 teremos seis mil novas unidades habitacionais na cidade, entregues ou em construção. É um número grande e histórico, nunca visto em Marília, as parcerias têm proporcionado isso, seja com o governo federal ou com o Estado. Todas as regiões contarão com casas populares para atender o trabalhador, as famílias que tanto sonham em sair do aluguel.”, disse o chefe do Executivo, que destacou também a construção de outro grande empreendimento habitacional, o conjunto Vida Nova Maracá, onde 1.371 casas estão sendo construídas na zona Norte.

Sorteio dos apartamentos vai acontecer no estádio Abreuzão no dia 28

Para o sorteio dos apartamentos, no dia 28 de junho, às 10h00, no Estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal, mais de 15 mil inscritos estarão concorrendo “É mais uma etapa do maior programa habitacional da história administrativa de Marília, além da inovação com o programa de desfavelamento. Estamos trabalhando firmes para a diminuição do déficit habitacional do município. Reiteramos que o sorteio será transparente, com total lisura, a população poderá acompanhar”, destacou o prefeito.

Dos 816 apartamentos, 527 serão sorteados para os cadastrados de forma geral, 82 para mulheres chefes de família, 41 para idosos, 25 para deficientes físicos, 51 para inscritos no programa de desfavelamento e 90 para os atendidos em projetos sociais, com acompanhamento do Poder Judiciário. Haverá  também o sorteio de 571 suplentes.

Poderão ocupar as moradias os cadastrados sorteados com base nas regras determinadas pela Emdurb/Caixa Econômica Federal:

- Não estar inscrito no cadastro de mutuários (CADMUT).

- Não ter propriedade de qualquer natureza.

- Não ultrapassar renda familiar bruta de R$ 1.600,00.

- Não ser proprietário de imóvel financiado anteriormente, em qualquer época ou região do país. Mesmo que já tenha sido transferido para terceiros.

- Não ser funcionário da Caixa, assim como o cônjuge.

- É preciso residir no município de Marília há pelo menos três anos.

-Ter situação civil regularizada.

- Ter mais de 18 anos na data do cadastramento, seja titular ou cônjuge.

A previsão é de entrega dos apartamentos em fevereiro de 2016.

Os apartamentos, com quase 70 metros de área útil, serão destinados ás famílias que apresentam renda entre zero e três salários mínimos. As  prestações vão variar de R$25 a 80, ou seja 5% do ganho familiar.

Assessoria de Imprensa

Fotos: Wilson Ruiz

www.marilia.sp.gov.br/prefeitura/?p=51681

Galeria de Imagens


avatar

Postado por:

Suellen_Coesma

EMDURB - Empresa Municipal de Mobilidade Urbana de Marília.

Artigos Relacionados

Ir ao Topo